Tendências para quartos de bebês em 2017

Os quartos de bebês estão cada vez mais sendo projetados com desenho de formas minimalistas, cenários lúdicos e mobiliário adaptado à escala infantil. A seguir as principais tendências para os quartos infantis em 2017, para inspirar as futuras mamães e os futuros papais.

1. CORES NEUTRAS

Os quartos com cores neutras são mais leves, modernos e despojados.

05ba8edcc5dfafc396a0cbbd6898a17299e1aef4fb96a9861b4547086df8e13bc3a09cb4f59ee3cdf19660ca38c3edcff059ac91ba72d0a6e7b8f27ed20410a99c85afb70f504d8e837093fe7a7bb1f94d01a2c37b9f2baf1ca7e7b0b12257e3

 

2. ESTAMPAS GEOMÉTRICAS
Papéis de parede com formas geométricas colorem e oferecem estímulo visual para os bebês.

c7c6dcde570a7df4ffc3ca8206852faa0ba62337f4d777c3eb48c4a1f1c8bde45a439f29ae46798465e44997793e45e7562f3c4b753d8c8613a2d68bc3970ff3

 

3. STENCIL 

O uso de stencil para colorir as paredes é uma ótima idéia para  decorar os quartos de bebês com um custo acessível.

 

4. ALMOFADAS FOFAS

Com formatos diversos, elas decoram deixando o quarto fofo e ainda são brinquedos seguros para os bebês.

fb1771565a36607bd0bc22eace3c50e854cc0e4a741c6a82dd7db589d320c5b53945836c622f4a916ef500dee1b84a6261a386c42bc514fb0192573cf162b21f8316601ca47ca385215899586eb6d6a7d3fb3c9b3ca568ce5a6b6bce30a603192a7dfdfb95f0ef7e6913db9caa74445b70f4727f8d3257376643526eacefdebd

 

5. PRATELEIRAS DIVERTIDAS

Além de serem funcionais, criam um ótimo efeito decorativo!

 

6. QUADROS E PÔSTERES

Eles alegram o ambiente e dão aquele up no visual.

 

7. TENDAS

As tendas oferecem um abrigo seguro para os bebês, são ótimas para as sonecas da tarde. E ainda servem de palco para as brincadeiras.

2bba797c463468b5d5be509c48874059a64fa95d681ac45474924d23961e93dd7d380c2a154ce9ed1bbad8f83d0fa8975802c2246394446e2ba770991135e3f9

 

Você que está preparando um quartinho todo especial para seu bebê, não perca a próxima matéria, onde vou falar sobre Quartos Montessorianos e mostrarei algumas idéias lindas e inspiradoras.

 

Anúncios

Candy Colors

candy color logo-01Com tonalidades suaves, de pouca saturação e maior claridade, as Candy Colors remetem aos tons pastel presente nas cores de balas e marshmallows.

Elas ganharam destaque na década de 50, trazendo alegria e leveza para o cotidiano do pós-guerra. Coloriram vestidos, sapatos, eletrodomésticos, carros e construções.

Por volta de 2015 elas voltaram a ser tendência na moda, na arte e na arquitetura. Podem ser utilizadas nas paredes, móveis ou objetos, elas colorem sem sobrecarregar o visual. Criam uma atmosfera mais leve, despertando sensações de alegria, tranquilidade, romantismo, doçura, encantamento e pureza.

Por serem opacas, permitem uma vasta gama de combinações de cores, mas vale ressaltar que é preciso fazer uso de cores neutras em conjunto, para que a composição não tenha um aspecto infantil.

0f0c8bb81b53c3571bf6023dadafa0e0370b21d7c117daf8a4c685e6468e75f3518dac08054ed81814d214894db59ff3be7e091245c646071869646709f20c8e6de2375f2fad2a99749c7e44c25023b917f40555ce3407b9ad3bafa04695f90e40c62d543c71626089dab9e6020582f3bcf7dfb98a03498ff376d703533482242024de968bcc8e5c48d3f3fa6c46aa5bea410fc12d576b07ea975b7ac51b40ca2dd98cb031ba4bea26adbe9066870e2e40481e986196cac33579abb256e4d96b

Os móveis antigos de estilo clássico quando pintados com Candy Colors adquirem um ar vintage e têm sua imponência original suavizada.

5cd37928957f798eedae3fae02e4bf6f722bab11a681019d95be1d0bcb0caf7789f0e27799ab86acd6a99ad96ea9f2099bcce054a2569c0fac3c4b05e4c7a924ba5ee69f386d0335079b34d36fd9cf7e16c0b6fa223f27b998fab5dfdba80ab2788e7cfd97b7513cb08362b27d239759f5c2015c5b29c8cf88c85854d0505c30

Estou simplesmente a-pai-xo-na-da pelas Candy Colors, e já estou planejando as reformas de meus móveis de madeira. Em breve mostrarei aqui o antes e depois e ensinarei passo-a-passo como fazer essa transformação em casa.

Ordem nas gavetas!

Após ter lido vários artigos sobre Feng Shui e organização, comecei a vasculhar a internet em busca de soluções para organizar melhor minhas coisas. Para mim o mais difícil é manter as gavetas organizadas. Por isso este post é dedicado a elas: AS GAVETAS, ordem nelas!

A Blum criou uma linha de soluções de divisões internas para suas gavetas Tandembox, a Orga-line, que visa, além da organização, a praticidade e a higiene das gavetas da cozinha.

Dentre diversos itens separei os mais interessantes. Este divisor de talheres de inox é composto por diversos recipientes independentes, você pode montar o conjunto conforme sua necessidade, são super fáceis de higienizar, nada de trambolhos na pia.

Estes são porta-pratos, eles permitem a disposição de diversas pilhas de pratos em uma gaveta, sem o risco de que estas pilhas se movimentem e os pratos se choquem ao abrir e fechar a gaveta. Assim você não precisa retirar pilhas de pratos fundos para alcançar aqueles pratos de sobremesa que ficam no fundo da prateleira. Além disso fica muito mais fácil levar os pratos para arrumar uma mesa, pois os porta-pratos possuem alças apropriadas para o manuseio das pilhas de pratos.

Estes divisores, também feitos de aço inox, são compostos por várias réguas adaptáveis. São retráteis e montáveis. Você tem toda a liberdade de monta-los como quiser.

A Tok&Stok também dispõe de uma linha de organização. Este organizador de gaveta, Show Flat, é feito de tela de aço, ótimo para gavetas de escritórios.

Outro modelo da Tok&Stok, Bumer Organizador de Gavetas Múltiplo, de propileno flexível, ideal para organizar as peças íntimas.

Outro modelo de divisor do tipo colméia, em plástico ABS, da Light in the Box, está a venda por apenas R$:10,46, da pra acreditar?

Este divisor foi criado especialmente para organizar jóias, bijuterias e afins. É todo forrado de camurça, da Evviva Bertolini.

Outra opção para a organização de jóias e bijus, colméias feitas de acrílico, fica fácil de encontrar as miudezas nas gavetas.

Estas colméias de acrílico também ficam ótimas para organizar materias diversos de artesanato, escritório, etc… e também peças íntimas.

A Häfele  tem uma linha de Porta Objetos diferenciados, com três opções de organizadores, todos em MDP coberto com feltro de diversas cores:

1 – “JEWELRY TRAY”, ótimo para jóias, anéis, moedas, brincos, bijuteria, etc. Um dos divisores da colméia possui porta anéis, praticíssimo.

2 – “VALET TRAY”, porta objetos, ideal para guardar moedas, carteiras, chaves, canetas, óculos, relógios.

3 – “BELT TRAY”, porta cintos, excelente para guardar cintos, lenços, roupas íntimas, meias entre outros.

VOCÊ PODE FAZER:

Organizador de gaveta com caixa de ovos e copos de papel de cupcakes, no secrets.

Divisor de peças íntimas com caixas de papelão, super prático e econômico.

Organizador de bijus, com xícaras e pratinhos de porcelanas, muiiito fofo. Mas, para usar esta opção, é preciso forrar o fundo da gaveta com papel camursa ou algum tecido/papel que impeça que as peças deslizem pela gaveta.

Esta idéia foi apresentada pela Casa & Jardim, amei o toque retrô romantico. Feita com uma tira de renda pregada por tachinhas diretamente na lateral da gaveta. Objetos rolantes nas gavetas nunca mais!

Esta opção Do it Yourself de divisor de gaveta está disponível em vários sites, não sei quem é o autor desta idéia mas achei muito boa.

1º. MATERIAL

* Papel contact ou papel de presente + fita supla face

* Caixa de papelão ou papel Paraná

* Tesoura

* Estilete

2º. FORRE A GAVETA com o papel contact, ou papel de presente, ou tecido.

É possível também se forrar com algum material mais rígido, que permita ser removido para a limpeza.

3º. RECORTE o papelão / papel Paraná em réguas, nas medidas transversal e longitudinal da gaveta. Em seguida, com o estilete, faça fissuras nas réguas para encaixes do tipo macho e fêmea.

Depois de montado, o divisor de gavetas fica assim:

Para dar um melhor acabameto pode-se pintar as réguas.

Aqui, um divisor de gaveta que segue o mesmo princípio do anterior, mas é feito de madeira. Pode ser feito sob medida de MDF.

Agora não tem mais desculpas. Ordem nas gavetas! Assim que eu tiver um tempinho, organizarei as minhas.

Casa alto astral

Já que no post anterior comentei sobre movimentação de energias, este post é dedicado a transmitir dicas de Feng Shui para melhorar o astral das casas.

DESAPEGO. O primeiro passo para trabalhar a energia da casa é se desfazer de tudo que não tem utilidade, que só esteja ocupando espaço e atrapalhando. Além de roubar energia, tiram boa parte da criatividade. “Retirar esses excessos de casa é um bom exercício para se trabalhar a doação e o desapego, evitando-se com esse gesto um acúmulo de energia estagnada” (Baginski).

– Uma dica: quando temos apego sentimental a um objeto sem utilidade, o caminho mais fácil para nos desapegarmos dele é o da doação. [Em breve mais uma Gratisfeira, aproveite este momento para desapegar: http://ecopazcultura.tumblr.com/rss ]

EXCESSO. O excesso pode ser prejudicial. Deve-se evitar ter muitos enfeites nos cômodos da casa, principalmente na sala, devido à poluição visual e obstrução de energia causada pelo excesso de objetos. A decoração e a distribuição dos móveis deve ser revista constantemente para que se mantenha apenas o necessário ao uso diário, evitando excessos, renovando e circulando a energia.

EQUILÍBRIO. Uma casa harmoniosa deve estabelecer contato direto com a natureza, valorizando o fluxo do vento e da água e ter a representação de cada um dos cinco elementos em equilíbrio:

      FOGO – Elemento Yang, produz calor, movimento, aquece e pode queimar, é etéreo e relacionado à cor vermelha, ao verão, à direção sul, ao coração, ao planeta Marte e à Fênix. Para representa-lo pode-se utilizar uma vela vermelha ou algum objeto ou parede com esta cor.

      TERRA – Elemento sólido, fixo, estável, sua cor é o amarelo, a forma é o quadrado, é relacionada ao centro, à meia estação, o baço e pâncreas, ao planeta Saturno, as montanhas e ao boi. Para representa-la pode-se utilizar pedaços grandes de granito, artesanato de argila ou um vaso com terra e alguma planta.

      MADEIRA – É combustível, geradora (criatividade), sua cor é o verde, a forma é o cilindros, está relacionada à primavera, ao leste, ao planeta Júpiter, ao fígado e ao dragão.Para representa-la é essencial que se utilize madeira viva. O ideal é utilizar plantas vivas como um arbusto.

      METAL – É mutante (sólido ou líquido), sua cor é o branco, a forma é o círculo, está ligado ao outono, ao oeste, ao planeta Vênus, aos pulmões e ao Tigre. É o remédio mais comum usado contra as energias negativas do planeta. Para representa-lo pode-se utilizar objetos feitos de metal, como cobre, prata, ouro e bronze. Tais objetos devem ser arredondados, agradáveis, bonitos e devem se misturar ao ambiente. Pode-se utilizar também as cores branca, prateada e dourada.

      ÁGUA – É penetrante, maleável, fluida, sua forma é ondulada, a cor é o preto ou azul, liga-se ao  inverno, ao norte, ao planeta Mercúrio, aos rins e à tartaruga. Para representa-la pode-se utilizar um aquário ou uma fonte miniatura de metal.

CONSERVAÇÃO. Paredes bem pintadas, ausência de goteiras e/ou lâmpadas queimadas, janelas limpas e com todas as vidraças inteiras.

RECICLAGEM. Nada de lixos em casa! Estes devem ser eliminados com frequência, pois atraem energia negativa. As lixeiras devem estar sempre bem tampadas.

BLOQUEANDO SUGADORES DE ENERGIA. O banheiro é um ponto de escoamento de energia de uma casa. Portanto a tampa do vaso sanitário deve permanecer sempre fechada, assim como a porta deste ambiente.

APARELHOS ELETRÔNICOS geram energia negativa, portanto nada de computadores ou televisores nos dormitórios. As ondas eletromagnéticas que estes aparelhos emitem interferem negativamente no repouso e dificultam o trânsito da energia vital.

COMPANHEIROS ANIMAIS são ótimos condutores de energia positiva, trazem alegria e segurança emocional, principalmente animais pequenos e mansos.

MOVIMENTO. Quando a energia da casa estiver estagnada deve-se movimentar tudo o que está parado, gavetas, portas cadeiras, etc. Pode-se mudar os móveis ou objetos de lugar, trocar com frequência as toalhas das mesas, toalhas e tapetes dos banheiros e os edredons das camas.

LIMPEZA. Faxinas periódicas ajudam a nos livrarmos dos excessos e a mantermos a casa sempre limpa e em ordem. Para a limpeza pode-se utilizar água com amoníaco ou sal grosso (10 gotas de amoníaco ou um punhado de sal grosso para 5 litros de água) e posteriormente água com alguma essência floral natural ou incenso, defumador ou aromatizador spray que devem ser defumados/borrifados em todos os cômodos da casa. Os cantos devem ser os mais caprichados, pois são os lugares onde mais se acumulam energia parada. Ao proceder a limpeza deve-se mentalizar a realização da energia astral simultaneamente.

ORGANIZAÇÃO. Organizar ambientes, armários, gavetas, documentos ajuda-nos a organizar nossa mente e equilibrar nossa energia pessoal evitando que a desorganização que nos faça perder energia e nos transmita a sensação de preguiça, cansaço, depressão, medo, culpa, falta de objetivo, etc.

“Organizar e limpar o ambiente em que vivemos é um dos caminhos para que a nossa mente também comece a criar espaços vazios para receber as novas idéias e as novas energias, permitindo a circulação de um fluxo equilibrado”, Lysia Baginski¹

¹arquiteta e consultora de Feng Shui da Sociedade Taoísta do Brasil

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

MARTINS, Ed; ROSANZIK, Arby; Manual ilustrado do Feng Shui nº01, editora Escala, São Paulo

CARDOSO, Joel; Conheça Feng Shui, editora Escala, São Paulo

Revista Bons Fluidos em Casa, editora Abril, fevereiro de 2000

http://www.lysiaassociados.com/imagens/limpeza_fs.pdf

http://www.terra.com.br/esoterico/fengshui/colunas/2004/03/26/000.htm

http://vidaeestilo.terra.com.br/esoterico/interna/0,,OI4447521-EI14322,00-Mude+a+vibracao+da+sua+casa+com+a+novena+das+boas+energias.html

http://www.wmulher.com.br/template.asp?canal=lardocelar&id_mater=1113

Mesas retráteis

Enquanto navegava à procura de soluções para pequenos espaços, encontrei essa diversidade de mesas retráteis.

Elas são ótimas opções para os lares contemporâneos, que dispõem de espaços limitados. Inspirada pelo conceito oriental, adoro a ideia de criar espaços vivos que se adaptam conforme nossa necessidade. Além de proporcionar um melhor aproveitamento dos espaços, esta movimentação propicia uma potencialização do fluxo energético, impedindo a estagnação da energia do lar.

 

nicho com bancada retrátil fechada

nicho com bancada retrátil aberta